Pinterest em números – saiba mais sobre o crescimento e funcionamento da rede

O Pinterest é uma rede social baseada no compartilhamento de imagens. Com pouco tempo de vida, se tornou uma das mais influentes redes sociais e a mais requisitada pelos usuários. Com um crescimento gradativo, a previsão é que, ainda neste ano, o compartilhamentos atinja boa parte dos apreciadores das redes sociais.

A especialista em redes sociais da DigitalMe, Vivian Vianna Leal, faz um balanço sobre o surgimento, impacto e disseminação da rede.

“Com mais de 15 milhões de visitantes únicos, o Pinterest conseguiu, em apenas dois anos de existência, estar entre os 30 sites mais visitados nos EUA.

No Brasil, o crescimento acompanha o mesmo ritmo e, entre o final de 2011 e o início de 2012, a rede social explodiu no país e vem conquistando milhares de adeptos. Diversas marcas pegam carona nessa onda e aproveitam o sucesso da rede social do momento para inseri-la em suas estratégias de marketing digital.

O Pinterest já é o quinto site de bookmarking mais popular (atrás apenas de Twitter, Digg, StumbleUpon e Reddit), além de ter altíssimo grau de engajamento e de viralização – grande parte das imagens postadas são compartilhadas centenas de vezes e mais de 80% das imagens postadas são repins.

O resultado aparece tanto para marcas com foco em branding e relacionamento, que apostam no engajamento do público por meio da divulgação de imagens que ajudam a construir um conceito, quanto para os e-commerces, que já adaptam o conteúdo de seus sites para serem postados automaticamente no Pinterest, inclusive com o preço dos produtos, por meio do botão de compartilhamento da rede social.

Um fato, porém, não há como negar. Apesar da participação de alguns homens, com imagens de design, paisagens e mulheres, a maior parte dos usuários do Pinterest é do sexo feminino, chegando a 70% dos usuários cadastrados. Isso justifica a grande popularidade de imagens ligadas à moda, decoração, produtos de consumo e gastronomia, assuntos populares entre as mulheres.”

Aprenda, passo a passo, como monitorar as redes pelo Google Analytics

Muito mais importante do que fazer parte de uma rede social é saber monitorá-la. Fazer a análise de tráfego do Facebook, Twitter e Google+ pode ser muito simples, por meio da ferramenta Google Analytics.

A primeira etapa é se cadastrar no Google Analytics, isso pode ser feito da sua própria conta do Gmail (basta acessá-la e depois clicar na ferramenta). O próximo passo é saber calcular quantas visitas se recebeu. Para isso, vá até a sessão “Fontes de Tráfego”, selecione “Fontes” e depois “Todo o Tráfego”. A partir deste recurso, você poderá contabilizar a lista de todos os sites que redirecionaram internautas para a sua página.

O passo seguinte é identificar as redes sociais presentes na lista. Os termos “twitter.com”, “t.co”, “hootsuite”, “tweetdeck” e “bit.ly”, por exemplo, se referem ao Twitter. Após isso, crie um “grupo de tráfego”. (Clique nas opções avançadas do Google Analytics e em “Novo Segmento Personalizado”).

Você pode fazer quantas listas quiser, de acordo com os seus visitantes e com as redes sociais com as quais sua empresa trabalha (Google+, LinkeIn, Delicious, Youtube, Flickr, MySpace, Tumblr e outros).

Lembrando que o serviço é disponibilizado gratuitamente para os usuários, no entanto, com uma equipe especializada, que cria relatórios e possui maior experiência com a ferramenta, é possível aproveitá-la muito mais e otimizar as campanhas.
A Media Factory possui vasta experiência com o Google Analytics. Para maiores informações, acesse: http://www.mediafactory.com.br/2010/?p=185

Fonte

Está nascendo uma nova tendência no comércio eletrônico?

Alguns empresários e investidores acreditam, cada vez mais, que o comércio eletrônico, por meio da rede social Facebook, será capaz de concorrer com Amazon.com e eBay. Por isso, empresas americanas iniciantes estão desenvolvendo novas maneiras de convencer os usuários do Facebook a usar a rede social para fazer compras.

Para que esse processo aconteça de maneira eficiente, essas empresas iniciantes, que contam com o apoio do capital de investidores, estão criando aplicativos de compras, organizando vendas caseiras e testando novos modelos de negócios no Facebook.

“O comércio eletrônico é uma categoria grande e com ventos favoráveis, e entrar nesse segmento é um passo natural para o Facebook, disse Sam Schwerin, da Millennium Technology Value Partners, que detém ações do Facebook e investiu na BeachMint.

No final do ano de 2011, o Facebook tinha 845 milhões de usuários ativos ao mês, superando a marca de 164 milhões de usuários da Amazon e os 110 milhões do eBay.

Basta saber, agora, como as empresas farão para conquistar clientes no Facebook, uma vez que, seus usuários fazem uso da rede para conexão com amigos e não como recurso de compras online. A grande prova dessa dificuldade são as grandes redes de varejo americanas, J.C. Penny, Gap e Nordstrom, que criaram lojas no Facebook e as fecharam por poucas vendas.

Fonte

Fonte da imagem

Por que investir em Links Patrocinados?

O Link Patrocinado é um formato de anúncio publicitário veiculado na internet. Eles normalmente são de tamanho pequeno, postados em sites de busca, como o Google, com seu sistema de publicidade Adwords, ou em sua rede de parceiros Adsense.

Atualmente, os Links Patrocinados são a forma mais ágil de se anunciar e gerar visitantes no comércio eletrônico. O seu principal benefício para empresas é que os links permitem que sua companhia ocupe lugar de destaque nos sites de busca e redes de conteúdo.

A dissipação do serviço de Links Patrocinados nos principais buscadores da internet reflete no contato direto dos consumidores que estão interessados em determinado produto ou serviço. Outra vantagem deste tipo de serviço está ligada a maneira rápida, prática e abrangente de prospectar o público. Hoje, já é possível acompanhar os resultados em tempo real.

Existem quatro etapas para uma empresa começar a investir em Links Patrocinados. A primeira delas é se inscrever em um fornecedor de links patrocinados e disponibilizar as informações cadastrais. A segunda parte é escolher as palavras-chave adequadas ao empreendimento e que auxiliarão no posicionamento nos sites de busca. O próximo passo é escrever os anúncios, de no máximo de 250 caracteres. Eles serão um importante passo de contato com o leitor. E para finalizar, basta monitorar a desenvoltura e resultados da campanha. Este é o passo mais importante, pois, determina quais palavras-chave são o melhor custo-benefício de investimento para a empresa.

Vale lembrar que uma boa performance na campanha de Links Patrocinados exige grande conhecimento das ferramentas de monitoramento e experiência na escolha da estratégia correta. Por isso, existem hoje no mercado agências especializadas nesse tipo de campanha, que ajudam as marcas e empresas a aproveitarem todas as vantagens deste recurso. Se você se interessou por esse serviço, conte com a experiência da Media Factory, invista nessa ferramenta e torne a sua empresa ainda mais conhecida no ambiente online.

Fonte 1

Fonte 2

Fonte da imagem

Timeline do Facebook pode ser promissora para empresas

Ao que tudo indica, as mudanças estéticas criadas por Mark Zuckerberg podem ser muito positivas também para as empresas. Isso porque, a nova Timeline permite que a experiência de contato entre as marcas e seus usuários seja ainda mais interessante, além de possibilitar um relacionamento mais eficaz com o cliente.

Além de muito eficiente, a nova Timeline também é de fácil manuseio, a partir do novo método de controle chamado de “Admin Panel”. O segredo da página está em seu monitoramento, cada vez mais prático.

As notificações aparecem cada vez que a empresa for “marcada” na rede social, ou seja, é muito mais fácil reunir as interações não só para visualizar comentários, mas também para posicionar os clientes. A barrinha “manage” (ou administração) serve para a configuração básica, como restrições de idade ou país, moderar qual tipo de conteúdo pode ser publicado e quem pode publicar no perfil ou ainda marcar a sua empresa em alguma foto ou comentário. Conta, ainda, com a opção de “Build Audience”, ou “Construir Audiência”, na qual é possível avaliar as modificações recentes feitas na página.

Outra importante mudança é que, a partir de agora, as mensagens privadas podem ser enviadas com a página da empresa. Isso facilita no momento em que se tem que resolver um problema ou mesmo nas divulgações de promoções.

Para quem ainda tem dificuldade, há uma aba com ajuda e dicas chamada “tips painel”. Lá, o usuário encontra todas as dicas, passo a passo, para usar bem a rede.

Fonte

Fonte da imagem

Investimento em redes sociais é interessante para empresas

Atualmente, não se pode falar em comunicação e tecnologia sem falar ativamente em redes sociais. A internet, de uma maneira geral, tem se tornado cada vez mais importante na vida de qualquer cidadão, seja pelo lado pessoal ou profissional. No relacionamento das empresas com seus clientes, este aspecto não tem sido diferente.

As redes sociais hoje são o principal elo entre empresa e consumidor e seu principal canal de comunicação, não apenas na prospecção de novos clientes (leia mais sobre a importância do Marketing Digital), mas também para melhor atender as necessidades de seu público-alvo. Há diversos estudos que comprovam que as mídias sociais funcionam melhor que o SAC.

De acordo com um estudo com 302 empresas, realizado pelo Deloitte, no Brasil, cerca de 70% delas já utilizam as redes sociais como o principal serviço. A maior concentração de uso está na capital paulista, com 63%, seguida do Rio, com 7% e Minas, com 6%.

A pesquisa ainda revelou que o Facebook e redes sociais internas são as mais utilizadas pelas empresas, cerca de 81%. O Twitter, por sua vez, aparece em segundo lugar, com 79%.

O objetivo das redes sociais é juntar um grupo de pessoas que estejam interligadas por um ou mais fatores em comum, ou seja, áreas, informações, produtos, serviços e curiosidades em comum. Por isso, elas são tão vantajosas para a empresa.

Fonte do texto

Fonte da imagem

Fórum de Marketing Digital 2012 chega a Florianópolis

Com o objetivo de reunir grandes nomes do setor de Marketing Digital para debater tendências e estratégias, o Digitalks realizará o Fórum de Marketing Digital em Florianópolis, no próximo dia 12 de abril.

O evento acontecerá no CentroSul, Centro de Convenções de Florianópolis. A expectativa é que um grande número de profissionais de publicidade, marketing, comunicação e interessados aprimorem seus conhecimentos no setor, que está entre os que mais crescem no Brasil.

Entre os temas/palestrantes já confirmados, estão “Grupo de Negócios do Google – Como conectar-se a empresários internacionais”, Rodrigo Vale, GOOGLE; “Indicadores de Internet e como adaptar a comunicação ao consumo moderno de Mídia”, apresentado por diretores do IAB Brasil; “O poder do marketing 1 to 1 no marketing digital“, por Regina Garrido, ExactTarget; “E-commerce: Tendências mundiais que ajudarão a aumentar as vendas Digitais”, por João Kepler, Show de Ingressos; “Search: melhores práticas para conseguir resultados através dos buscadores”, por Tiago Luz, underDOGS; “Estratégias para criar um programa de afiliados rentável para seu negócio”, por Ricardo Sibanto, Rise Social Commerce; “Content Marketing: como usar o conteúdo para promover um produto ou serviço nos meios digitais”, por Rodrigo Tigre, Populis; e “Como fazer vender o monitoramento de uma marca”, por Diego Monteiro, SCUP. Além dessas palestras, você vai poder ouvir as dicas e experiências de Leandro Kenski, CIO da Media Factory, sobre “Marketing digital de performance”.

Segundo o diretor da Digitalks, Flávio Horta, em 2011, o Marketing Digital sofreu seu maior crescimento, atingindo cerca de R$ 3 bilhões movimentados em publicidade para internet.

Há descontos especiais para grupos de três pessoas ou mais. Os interessados devem enviar email para: inscricoes@digitalks.com.br.

Serviço:

Fórum de Marketing Digital Florianópolis

Data: 12 de abril de 2012

Investimento: R$ 239

Preço promocional: Até dia 12/04 por R$ 239 (em 3 vezes sem juros)

Site: http://digitalks.com.br/forum-marketing-digital-florianopolis/

Local: CentroSul – Sala SAMBAQUI 5 – Av. Gustavo Richard, 850 – Centro

Telefone: (11) 2533-1962

Fonte da imagem