Bing se renova para rivalizar com Google

Visando se transformar em um espaço não apenas de pesquisas, e assim acirrar a disputa com o Google, a Microsoft revelou, nesta última terça-feira (22/06), os novos recursos para o seu buscador, o Bing. A página foi reforçada com opções de entretenimento, que permitirá aos usuários assistira a programas de TV, jogar games e ouvir música – tudo sem precisar sair do site.

“A Microsoft vem tentando tornar o Bing uma página cada vez mais eficiente. Ela quer que seus usuários vivam dentro do seu motor de busca e não tenham de ir para outros sites, principalmente o Google. Quanto mais coisas você puder fazer dentro do Bing, é menos provável que você queira ‘passear’ em outro lugar, como o arqui-rival”, declarou Rob Enderle, analista do Enderle Group.“Essa disputa se tornou uma guerra. Só não estou muito certo se ela pode ficar ainda mais quente”.

A Microsoft tem trabalhado muito para reforçar o Bing, e além de focar na parte de entretenimento, uma das área de maior interesse dos usuários, a empresa também está olhando com atenção para outros setores, como saúde, viagens e compras.

“Os movimentos dessa semana foram uma bela estratégia para o Bing”, afirmou Dan Olds, analista da Gabriel Consulting Group. “Acho que esses novos recursos são boas escolhas em sua implantação inicial, especialmente na busca de vídeos. Com uma única pesquisa, os usuários podem ver as páginas em miniatura dos vídeos, que se relacionam com seus termos de busca. Além do mais, os internautas podem ver os vídeos sem sair da página do Bing, o que os ajuda a filtrar os resultados e encontrar exatamente o que precisam”.

Caso a Microsoft continue a inovar e executar bem tais novidades, ela poderá forçar o Google a responder com suas próprias inovações, se tornando algo bom para o mercado e para os usuários. “O Bing está dando mais um passo com os aperfeiçoamentos apresentados na última terça-feira. Espero ver uma série contínua de mudanças no centro nervoso da engine de buscas do Google e da Microsoft nos próximos anos, gerando concorrência também na experiência de buscas para dispositivos móveis”, disse Hadley Reynolds.

Apesar do forte investimento da Microsoft em Pesquisa & Desenvolvimento, e também em publicidade, o Bing ainda não teve um impacto suficientemente bom no mercado de buscas da web. Segundo um relatório da Hitwise, que monitora o tráfego online, a participação do Google neste setor atingiu 71% em abril último, um aumento de 2% em relação a março. O Bing está em terceiro lugar, atrás também do Yahoo, e viu seus números caírem em 2%, atingindo um share de 9,43% para o mesmo mês.

This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , by mediafactorydigital. Bookmark the permalink.

About mediafactorydigital

Sobre a Media Factory Com apenas três anos de atuação do mercado, a Media Factory, uma das pioneiras no conceito de marketing de performance, amplia sua operação e prevê crescimento recorde de 200% para 2011. Em 2010, a Media Factory uniu suas operações com o grupo europeu de marketing de performance Lead Media para intercâmbio global de conhecimento na área de marketing digital. A expectativa da empresa é atingir um faturamento de mais de US$25 milhões em 2011, com um time global de mais de 100 especialistas situados em Paris, São Paulo e Los Angeles. Atualmente, a empresa possui unidades operacionais rentáveis na Argentina, Espanha e México. A empresa, que é uma das pioneiras no conceito one stop shop, tem como clientes a rede de supermercados Wal Mart, Compra Fácil, Onodera, Digitalks, MoIP Pagamentos, GE Money e Vivo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s