Google se arma contra o Facebook

O crescimento do Facebook parece estar enchendo os olhos do Google. Com mínimas possibilidades de poder comprar a rede, o Google resolveu desenvolver o seu próprio “Facebook”, afim de disputar com o original.

Para o The Wall Street Journal, o buscador estaria em negociação com a grandes desenvolvedores de aplicativos para oferecer produtos no seu novo negócio. A Playdom, a PlayFish e a Zynga, gigantes desenvolvedores que fazem sucesso no Facebook, estariam no meio dessa negociação. Foi dito ao jornal que os games fariam parte de uma iniciativa maior de rede social, que já está em desenvolvimento.

Eric Schimdt, presidente-executivo do Google, ainda não confirmou a criação desse novo serviço. Quando questionado das semelhanças do novo projeto com o Facebook, Schmidt diz que o “mundo não precisa de uma cópia da mesma coisa”.

O investimento é mais uma tentativa da companhia de ingressar no mercado que ainda permanece fraco. Dominado pelo Facebook e pelo Twitter, esse mercado cresce rapidamente e gera fortunas por meio de anúncios direcionados. O Orkut é uma rede famosa, porém apenas no Brasil e na Índia. Mundialmente a rede é praticamente desconhecida. Outros serviços da empresa focados, o Wave e o Buzz, também não decolaram.

Anúncios
This entry was posted in Novas Mídias and tagged , , , by mediafactorydigital. Bookmark the permalink.

About mediafactorydigital

Sobre a Media Factory Com apenas três anos de atuação do mercado, a Media Factory, uma das pioneiras no conceito de marketing de performance, amplia sua operação e prevê crescimento recorde de 200% para 2011. Em 2010, a Media Factory uniu suas operações com o grupo europeu de marketing de performance Lead Media para intercâmbio global de conhecimento na área de marketing digital. A expectativa da empresa é atingir um faturamento de mais de US$25 milhões em 2011, com um time global de mais de 100 especialistas situados em Paris, São Paulo e Los Angeles. Atualmente, a empresa possui unidades operacionais rentáveis na Argentina, Espanha e México. A empresa, que é uma das pioneiras no conceito one stop shop, tem como clientes a rede de supermercados Wal Mart, Compra Fácil, Onodera, Digitalks, MoIP Pagamentos, GE Money e Vivo.

3 thoughts on “Google se arma contra o Facebook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s