Sites de compra coletiva: Inovação no segmento de e-commerce

Fazem sete meses que os sites de compra coletiva entraram no Brasil conquistando uma enorme leva de consumidores fanáticos e empresas que vislumbram boas oportunidades de divulgar seu negócio. Esse serviço nasceu nos EUA, no ano de 2008, tendo como empresa pioneira o GROUPON, hoje um gigante no segmento já presente em 26 países e com expectativa de faturamento anual estimado em US$ 500 milhões para 2011.

Neste inovador formato de compras, são oferecidos cupons de descontos de até 90% em produtos e serviços diversificados à partir das parcerias com empresas de diversos ramos como vestuário e acessórios, gastronomia, entretenimento e beleza. Com a possibilidade de investimento inicial baixo, os clubes de compras coletivas agradam os consumidores e beneficiam as empresas que conseguem promover seus produtos e serviços, tirando o internauta da frente do computador e levando-o para o ponto de venda. Dado o mecanismo de funcionamento desses sites, o desempenho dos negócios conta com um aliado importante: ações de e-mail marketing bem estruturadas e promoção das ofertas nas redes sociais que são compartilhadas rapidamente entre um grande número de pessoas.

Talvez uma das justificativas para tamanho sucesso dessa nova onda seja o fato dos sites de compra coletiva serem uma opção vantajosa tanto para os usuários (compradores), quanto para os empresários. Os consumidores desfrutam de produtos de qualidade por um preço muito abaixo do mercado, e as empresas fidelizam novos clientes, que talvez não apareceriam no estabelecimento se não houvesse uma promoção.

Entretanto, os sites de compras coletivas, apesar de receberem inúmeras compras a cada oferta feita, não beneficiam, necessariamente, as empresas com relação à quantidade de produtos e serviços vendidos. O maior negócio delas está na divulgação da marca e no retorno do cliente à aquisição de um novo produto sem precisar de uma promoção. Para que todas as partes envolvidas fiquem satisfeitas, além do e-mail marketing e mídias sociais, outros canais de divulgação também devem ser trabalhadas juntamente com ofertas relevantes para o consumidor.

Esse formato de vendas é uma grande e promissora inovação no e-commerce e tende a ganhar maiores proporções e ampliar sua atuação a diferentes segmentos, como o de turismo e lazer, por exemplo. O número de novos clubes de compras coletivas multiplica diariamente, mostrando que esse novo mercado está aquecido e atrai novos investidores. Resta-nos aguardar e acompanhar a evolução deste mercado e como os diversos sites farão para consolidar suas marcas e implementar sua forma de atuação. Muitas novidades aparecerão nos próximos meses, fiquem atentos!

This entry was posted in Dados e-commerce and tagged , , , , by mediafactorydigital. Bookmark the permalink.

About mediafactorydigital

Sobre a Media Factory Com apenas três anos de atuação do mercado, a Media Factory, uma das pioneiras no conceito de marketing de performance, amplia sua operação e prevê crescimento recorde de 200% para 2011. Em 2010, a Media Factory uniu suas operações com o grupo europeu de marketing de performance Lead Media para intercâmbio global de conhecimento na área de marketing digital. A expectativa da empresa é atingir um faturamento de mais de US$25 milhões em 2011, com um time global de mais de 100 especialistas situados em Paris, São Paulo e Los Angeles. Atualmente, a empresa possui unidades operacionais rentáveis na Argentina, Espanha e México. A empresa, que é uma das pioneiras no conceito one stop shop, tem como clientes a rede de supermercados Wal Mart, Compra Fácil, Onodera, Digitalks, MoIP Pagamentos, GE Money e Vivo.

6 thoughts on “Sites de compra coletiva: Inovação no segmento de e-commerce

  1. Gostaria de aproveitar a oportunidade e divulgar o projeto que estou desenvolvendo com o intuito de ajudar a todos os usuários de sites de Compras Coletivas do Brasil.

    Se você é um usuário de sites de Compras Coletivas, esse é o lugar para você divulgar suas experiências, sejam elas boas ou ruins, funcionando no mesmo modelo do já consagrado Reclame Aqui!.

    No Ouvidoria Coletiva você poderá classificar suas experiências com o site de compras coletivas que realizou a transação e o estabelecimento que ofertou a promoção do produto/serviço.

    Assim o Ouvidoria Coletiva servirá como intermediário buscando sempre a justiça na prestação de serviços de sites de Compras Coletivas e dos estabelecimentos parceiros.

    Todos os serviços disponibilizados no site são GRATUÍTOS para usuários cadastrados!

    Tanto o site quanto o estabelecimento terão direito de resposta ou realizar comentários buscando solucionar algum problema, agradecer o relato, etc.

    Funciona assim:
    1) Você se cadastra no site http://www.ouvidoriacoletiva.com.br
    2) Cadastra seu relato de Compra Coletiva, informando se foi bem atendido, se gostou do lugar, se a oferta estava de acordo com o produto/serviço entregue, etc
    3) Seu relato será aprovador pelo moderador do site e disponibilizado no site para que todos tenham acesso
    4) O Ouvidoria Coletiva entrará em contato com o site de compras coletivas e o estabelecimento que ofertou a promoção para que estes tomem conhecimento de seu relato e possam fazer réplicas, sugestões ou agradecimentos

    Mostre a força da Coletividade reportando suas experiências para que os demais internautas possam selecionar melhor seus fornecedores.

    Além disso, logo estaremos com promoções e ofertas de nossos parceiros!

    Acesse: http://www.ouvidoriacoletiva.com.br
    Twitter: http://twitter.com/ocoletiva
    Facebook: http://www.facebook.com/pages/Ouvidoria-Coletiva/186353091391057

    Equipe Ouvidoria Coletiva

  2. Pingback: Crowdsourcing: Novo modelo de negócios no meio digital « Tudo sobre Marketing Digital

  3. Pra quem faz a parceria com compras coletivas só ganha com a publicidade e tem vantagem se for mercadoria de insumo, acaba compensando mais investir em Google AdWords

  4. Pingback: Crowdsourcing: Novo modelo de negócios no meio digital | Núcleo das Agências de Propaganda e Marketing

  5. Pingback: Conheça o primeiro organizador de compras coletivas do Brasil | Tudo sobre Marketing Digital

  6. Acredito que as idéias chegam rapidamente e atraem rapidamente a atenção para os pioneiros assim quem chega primeiro e cai nas graças da mídia e do público tem tudo para se dar bem, agora os demais aqueles que vem depois tem sempre uma dificuldade bem maior para se dar bem, logo apenas os bons sobreviverão e não pensem que é fácil sobreviver é preciso ser muito competente e diferenciar em algo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s