Realidade aumentada aplicada em marketing digital

Desenvolvida nos laboratórios de pesquisa desde os anos 1970, a realidade aumentada, como o próprio nome diz, é uma mídia que proporciona a ampliação da visão que temos da realidade por meio da sobreposição de informações e objetos virtuais no ambiente real. Muitas empresas já apostam nessa nova tecnologia para divulgar seus produtos. A Coca-Cola lançou em parceria com a Fox Film, distribuidora de Avatar, uma campanha que estimulava os consumidores a entrar no hotsite (www.avtr.com) desenvolvido especialmente para o filme. A empresa veiculou o comercial abaixo, em que um jovem aponta uma garrafa de Coca-Cola Zero com o código AVTR no rótulo que, ao ser apontado para uma webcam, leva o consumidor a iniciar uma viagem pelos mistérios do filme. Além da propaganda, latas do produto foram feitas em edição especial, todas com o código AVTR e uma URL para ativar a brincadeira com realidade aumentada.

Outra ação, que também causou um Buzz no meio foi a da Sprite, cuja idéia era a seguinte: Ao comprar o refrigerante em lata, vinha gravado na própria embalagem a marcação QR CODE.

Com a imagem em mãos, o consumidor deveria acessar o site da empresa e autorizar o plugin para captação da imagem de sua webcam. Depois, era só apontar a lata para a câmera que ela identificava a marcação e iniciava o jogo. O interessante é que o controle para jogar é a própria embalagem do produto. Veja no vídeo abaixo:

Essa ação de realidade aumentada feita pela Sprite é básica e poderia ter sido muito melhor trabalhada visto que os limites de produção dessa tecnologia são incrivelmente abrangentes. Exemplo disso é o jogo de Playstation 3, 100% baseado em realidade aumentada e que é febre em muitos países.

Outras áreas que podem ser beneficiadas com a nova mídia são as ligadas a serviços públicos e culturais. Pensando nisso, uma empresa americana de aplicativos para iPhones desenvolveu um dos primeiros programas que colocam a teoria da realidade aumentada na prática. Com o aplicativo, é possível encontrar as estações de metrô mais próximas à localização do usuário nas cidades de Londres e Nova York. Para utilizar, basta aplicar o programa no iPhone e segurar o celular com a câmera apontada apara alguma direção. À partir daí, informações sobre as estações vão surgir na tela sobrepostas à imagem da câmera mostrada no visor.
A realidade aumentada mostra-se inovadora, ampliando o conceito de interatividade a limites nunca antes imaginados.

Mas o que falta para que essa interação se torne acessível a todos?

Hoje em dia, principalmente no Brasil, o único empecilho é o custo da banda larga e dos celulares compatíveis com essa tecnologia. O uso de telefones celulares vem crescendo de forma incrível no país, mas o seu uso em outras aplicações que não as de um simples telefone são limitadas pelas altas tarifas cobradas pelas operadoras. Já para ações online, talvez o único empecilho seja a criatividade, afinal, os custos para a criação desse tipo de ação são relativamente baixos e a tecnologia empregada é acessível a boa parte da população que tem acesso a tecnologia e internet. Basta entender a usabilidade dessa nova ferramenta para agregar valores inovadores às marcas e empresas. Ações de marketing digital baseadas em realidade aumentada produzem uma interação divertida com o consumidor, que gera uma experiência diferente e, consequentemente, mídia espontânea em reflexo dessa experimentação. O mercado já disponibiliza essa novidade. Cabe às agências adaptá-la de forma eficiente às necessidades de seus clientes.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s