Google repudia medidas regulamentadas do ECAD para uso de vídeos

O Google fez um pronunciamento oficial em seu blog, na última semana, no qual se mostrou claramente contrário à decisão do ECAD sobre a maneira de divulgação de vídeos musicais do Youtube.

Segundo a nota, o acordo assinado pela empresa e a entidade brasileira “não permite e nem endossa o ECAD a cobrar de terceiros por vídeos inseridos no YouTube”, uma vez que, os blogs não hospedam, nem transmitem qualquer tipo de conteúdo quando embedam/sobem um vídeo do YouTube em seu site.

Vale a pena ressaltar também que a decisão é do visitante do site para iniciar uma reprodução do vídeo, que, por origem, está armazenado no YouTube, e não propriamente do blog que o usuário está navegando.

Com a regulamentação, o ECAD pode inibir os usuários das redes na criação de novos conteúdos, o que até fere o princípio da liberdade de expressão existente na internet.

O Google encerra o comunicado oficial solicitando que a entidade brasileira retire as cobranças dos blogs.

Fonte do texto e imagem

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s