TSE proíbe campanhas eleitorais via Twitter antes de 5 de julho

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) definiu, no começo deste mês, que os candidatos às eleições municipais de 2012 estão proibidos de fazer qualquer tipo de divulgação de campanha por meio do Twitter antes do dia 5 de julho.

Essa medida foi tomada em decorrência de um recurso solicitado pelo, na época, candidato à vice-presidência da república, Índio da Costa (PSD), que foi multado em R$ 5 mil, após anunciar em 2010 que concorreria ao cargo, e por pedir votos para José Serra (PSDB), líder de sua chapa na campanha, antes do período autorizado pelo TSE. Costa foi multado após decisão de que o microblog é também um meio de comunicação para divulgação de campanha.

A partir desta eleição, a Justiça Eleitoral vai fiscalizar o comportamento dos candidatos no Twitter, passando a coibir irregularidades, nos mesmos moldes que são feitos quando tais infrações acontecem na TV, rádio, revistas e jornais. Para o candidato que não seguir as novas regras, as multas variam entre R$ 5 mil e R$ 25 mil.

Esta é a primeira vez que o TSE toma uma decisão sobre manifestações políticas de candidatos através do Twitter.

Fonte

Fonte da imagem

Anúncios

Corretoras financeiras usam redes sociais para interagir com público

Ao que tudo indica, a rede de Mark Zuckerberg também tem atingido o mercado financeiro. Além da Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), outras corretoras de valores têm utilizado o Facebook na tentativa de se comunicar com os clientes e também para interagir com o público de interesse.

De acordo com um levantamento feito pelo Ibope Nielsen Online, realizado em 2011, mais de 30 milhões de brasileiros acessam o Facebook, enquanto o microblog Twitter recebe mais de 14, 2 milhões de visitantes.

Atualmente, se torna mais do que indispensável manter o contato com o público-alvo por meio das redes sociais. E as corretoras financeiras não poderiam entrar neste mercado em um momento mais propício, principalmente agora que o Facebook integrará parte das ações nas bolsas de valores mundiais.

Fonte

Fonte da imagem

Mulheres compram mais tecnologia do que os homens

Mais um tabu foi quebrado. Foi apresentado na CES 2012 o resultado de uma pesquisa que aponta que quem domina as compras no mercado da tecnologia, ao contrário do que muitos pensavam, são as mulheres.

A entrevista foi feita com aproximadamente 2 mil consumidores de 18 anos ou mais, e foi constatado que dos 4 produtos mais consumidos por esse público, 3 deles são comprados, em sua maioria, pelo time feminino. De acordo com o site Mashable, elas mostraram mais interesse em tablets (18%), notebooks (20%) e smartphones (20%). Já com os homens, os mesmos produtos tiveram percentagens de 15%, 14% e 17%, respectivamente.

O único grupo de produtos em que o público masculino mostrou mais interesse foi o que contém os melhores amigos dos homens na hora do jogo de domingo ou do filme de final de noite: TVs de LCD.

Além disso, a pesquisa também mostra que as moças são mais engajadas em atividades digitais, como assistir filmes online, fazer downloads de músicas e colocar fotos na web, e compraram uma média de 4,7 produtos eletrônicos em 2010, contra 4,2 dos homens.

Brasil registra 40 milhões de acessos de banda larga móvel, em 2011

40 milhões de acessos, esse foi o número de acessos de banda larga móvel atingido no Brasil em 2011, gerando um crescimento de 130% em relação ao de 2010. Segundo a Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), o Brasil tinha até novembro 38,9 milhões de assinantes de 3G, sendo que 19,4 milhões aderiram ao serviço este ano. Desse total, cerca de 7,6 milhões acessam 3G via modem e 31,3 milhões por celular.

Ao somar com o 3G, a banda larga no país passou dos 55 milhões de acessos em novembro, registrando um crescimento de 68% nos últimos 12 meses.

Ampliação de redes e redução dos preços dos smartphones impulsionam o crescimento da banda larga móvel no Brasil.

A expectativa das teles e do governo federal é que o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) ajude a impulsionar essa oferta em 2012, enquanto os usuários esperam planos a preços mais acessíveis e conexões de qualidade.

Você é fã dos social games do Facebook? Veja quais são os 10 melhores games do ano

Ao pensarmos nos números e nos crescimentos de aplicativos da web em 2011 um deles chama a atenção, o dos games sociais (ou social games) do Facebook. Devido ao grande sucesso, a rede social publicou uma lista com os 10 melhores games sociais do ano.

A surpresa foi o game “Cityville”, da Zynga, não estar no topo da lista dos jogos que mais chamaram a atenção dos usuários e que receberam as maiores recomendações, lugar conquistado pelo game “Gardens of Time”, da Playdom. Logo em seguida, vem a febre “The Sims Social”, lançado pela Electronic Arts. O “Cityville” ficou com a terceira posição.

Veja o ranking completo abaixo:

1- Gardens of Time (By Playdom)
2- The Sims Social (By EA)
3- Cityville (By Zynga)
4- DoubleDown Casino (by DoubleDown Interactive)
5- Indiana Jones Adventure World (By Zynga)
6- Words With Friends (By Zynga)
7- Bingo Blitz (By Buffalo Studios)
8- Empires & Allies (By Zynga)
9- Slotomania-Slot Machines (By Playtika)
10- Diamond Dash (By wooga)

Twitter é a rede social que mais gera buzz em 2011

O microblog mais famoso do mundo lidera uma lista anual das redes sociais que mais geram buzz, à frente do LinkedIn e Youtube.

O ranking foi produzido pela agência de marketing digital Zeta Interactive e mede o número de menções em mais de 200 milhões de blogs, mídias sociais e mensagens on-line, além do feedback positivo-negativo. Os dados são coletados desde janeiro de 2011 e foram divulgados nesta semana.

“2011 é o ano do Twitter“, afirma Minna Rhee, a CEO da Zeta Interactive, em entrevista ao portal Mashable. Segundo Minna, o Twitter tem características peculiares para compartilhamento de informações culturais, de ‘notícias quentes” e celebridades.

Já o Facebook, maior rede social do mundo, aparece em quarto lugar. A rede gera um buzz negativo, o Zeta Buzz, com apenas 70% de discussão considerada positiva. Em segundo lugar, está o LinkedIn, que apenas aparece nessa posição porque o foco está no mercado de trabalho (e a maioria dos usuários de redes sociais quer ficar conectado a partir de uma perspectiva pessoal).

O Youtube (terceiro lugar) e o Flickr (oitavo), que em 2010 ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente, estão em declínio. Já a nova rede social do Google aparece apenas em 12ª posição. Embora tenha sido lançado no meio do ano, o Google+ teve 89% de menções positivas – isso mostra que 2012 deve ser o ano do Google+ .

Abaixo, a tabela dos 10 primeiros colocados no índice Zeta. Qual rede social deve ter sua ascensão em 2012? Deixe seu comentário!

Fonte: Mashable

Mercado digital cresce cerca de 40% no Brasil


A IAB (Interactive Adversiting Bureau) do Brasil divulgou uma levantamento que aponta que a Internet cresceu 40% no país. Segundo este levantamento, o meio já é responsável por 13% do orçamento dos anunciantes, movimentando mais de 3 bilhões de reais no país.

Em comparação ao mesmo período anterior, a internet obteve crescimento de 40,3% em setembro de 2011, recorde para o setor. O estudo mostrou que o Brasil terá, até o fim de 2011, 81 milhões de usuários com 16 anos ou mais.

Só em setembro, foram investidos no mercado digital cerca de 141 milhões de reais, o maior montante entre todos os outros meios analisados pelo IAB. Grande parte dos anunciantes investem por volta de 13% de seus orçamentos em publicidade online. A entidade destacou também que o mercado digital é responsável por cerca de 10% da parcela de faturamento publicitário no Brasil.

Fonte: IDG Now!