Dados pessoais não são revelados na nova política de privacidade, diz Google

No último mês de março, foi alterada a política de privacidade do Google. Segundo o diretor de Políticas Públicas e Relações Governamentais do Google do Brasil, Marcel Leonardi, a nova medida não permite que sejam divulgados os dados pessoais de seus usuários.

Nenhuma informação pode ser compartilhada sem a devida autorização do usuário, exceto em casos de cumprimento de ordens judiciais. Ainda de acordo com Leonardi, dentro dos próprios serviços, há a ferramenta “gerenciadores de preferências”, na qual o usuário pode controlar a sua privacidade.

A nova política foi adotada para a unificação dos termos de serviço de todos os produtos do Google, como YouTube, Gmail, Blogger e Google+. A ideia é fazer a coleta de informações pessoais mais transparente, ou seja, as informações coletadas em um dos sites da empresa podem ser compartilhadas pelos demais serviços. Os contatos que o usuário tem no Gmail, por exemplo, aparecem quando ele acessa o YouTube, e vice-versa.

Fonte

Fonte da imagem

Anúncios

Google explica problema com spams em e-mails

O principal problema que um usuário de e-mail enfrenta é em relação aos spams que recebe em sua caixa de entrada. Pensando nisso, o Google anunciou, nesta semana, um novo filtro de spam para o Gmail.

A nova ferramenta terá a função de informar o usuário sobre os motivos que levaram uma mensagem a ser redirecionada para a pasta de spam.

Os usuários do Gmail podem identificar as mensagens marcadas como spam por meio do aviso em vermelho embaixo do remetente. As mensagens permanecem nessa pasta para que se tenha certeza de que se trata realmente de um spam e para que o usuário possa tomar suas providências.

Fonte do texto e imagem

Google expande recursos de busca em redes sociais

O Google ampliou, no último dia 19, o serviço de buscas em redes sociais com resultados em língua portuguesa. A busca social, que está no ar desde 2009, apresenta resultados de pesquisa no Google com conteúdos produzidos por contatos do usuário. Notícias, posts de blogs e atualizações de perfil em redes sociais estão entre as informações exibidas.

Para ter acesso a esse recurso, o usuário deve manter uma conta ativa no Google e o sistema buscará por contatos do usuário no Gmail. Se esses contatos permitirem, suas ações nas redes sociais passam a ser recolhidas pela busca do Google.

Os resultados do Twitter e do Facebook também deverão aparecer entre os resultados, caso haja ligação entre as contas do Google e o e-mail registrado nesses serviços.

 

Fonte: Veja